A Ilha da Madeira é uma ilha de origem vulcânica com surpreendentes paisagens e montanhas verdes que se fundem harmoniosamente com o azul do Oceano Atlântico. Uma terra de tradições e de gente genuína e humilde, onde a natureza foi bem generosa. É um verdadeiro refúgio de beleza natural.

 

Documentação:

- Se vem da União Europeia, como membro do acordo Schengen, pode entrar livremente utilizando como documento de viagem o seu Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão que se deve encontrar válido.

- Se não integra este acordo, precisa de um passaporte válido e, em alguns casos, de um visto. 

Boa Localização Rooftop Bar Gastronomia Local Adultos Only
Allegro Madeira - Adults Only
O Allegro Madeira - Adults only, um hotel moderno que permite desfrutar da vista panorâmica do oceano e localização privilegiada a poucos minutos do centro de Funchal.

Quartos:
Os 124 quartos, banhados pela luz do Atlântico, dispõem de uma decoração na qual predomina o azul do mar e mobília com linhas simples e elegantes. Com uma v

Ver Mais

Boa Localização Moderno Casais Famílias
Dorisol Estrelicia Hotel
O Dorisol Estrelicia Hotel é um hotel moderno, completamente renovado em 2013. Está localizado perto de um passeio marítimo.

Quartos:
Os quartos estão equipados com televisão por cabo e uma secretária. A maior parte possui vista sobre as montanhas e o Oceano Atlântico.

Infraestruturas:
Oferece uma vasta gama de equ

Ver Mais

Boa Localização Moderno Famílias
Dorisol Mimosa
O Dorisol Mimosa está localizado perto do passeio marítimo, com vistas fantásticas sobre o mar e a baía do Funchal.

Quartos:
Disponibilidade de quartos duplos e triplos com kitchenette bem equipada, com varanda privada e televisão por cabo.

Infraestruturas:
Oferece uma vasta oferta de facilidades inserido no comple

Ver Mais

Boa Localização Moderno Vista para o mar Pet Friendly
Golden Residence Hotel
O Golden Residence Madeira é um estabelecimento hoteleiro de 4 estrelas com vista sobre o mar e sobre umas falésias imponentes.

Quartos:
Possui quartos e apartamentos equipados com ar condicionado, uma televisão de ecrã plano e uma chaleira. Alguns quartos oferecem vistas laterais do Oceano Atlântico Norte. Os apartamentos têm uma

Ver Mais

Boa Localização Moderno Perto da praia Famílias Casais
Hotel Alto Lido
O Hotel Alto Lido fica localizado a oeste da cidade do Funchal, a apenas a 2,5 km do centro. Do Hotel poderá contemplar as magnificas vistas para o Oceano Atlântico.

Quartos:
Todos os quartos, studios e suites estão equipados com cofre, TV LED por cabo com 72 canais, amplas varandas com vistas sobre o Oceano Atlântico, casas de ba

Ver Mais

Boa Localização Vista para o mar Spa Casais Famílias
Hotel Meliá Madeira Mare
O Meliá Madeira Mare encontra-se localizado perto do centro da cidade do Funchal e dispõe de uma vista soberba sobre o Oceano Atlântico.

Quartos:
Modernos quartos de design contemporâneo com varanda privada e, a maioria, com vistas para o mar.

Infraestruturas:
Dispõe de acesso Wi-Fi gratuito, uma piscina interior e

Ver Mais

Localização Central Spa Entretenimento Infinity pool
Pestana Casino Park
O Pestana Casino Park é um hotel 5 estrelas no Funchal, Madeira, rodeado por 15.000 m2 de jardim privado.

Quartos:
Os quartos são funcionais e espaçosos, sóbrios e elegantes, com uma decoração a preto e bege. Possuem uma varanda privativa, muitas delas com vista panorâmica sobre o oceano. Estão equipados com internet wi-fi, televis

Ver Mais

Localização Central Vista para o mar Spa Kitchenette
Pestana Casino Studios
O Pestana Casino Studios é um hotel no Funchal, junto ao Casino da Madeira, a apenas 5 minutos a pé do centro da cidade e do centro da vida social e cultural.

Quartos:
Os studios são espaçosos e têm uma decoração moderna e minimalista. Dispõem de uma varanda privativa, muitas delas com vista panorâmica sobre o oceano, uma kitchenet

Ver Mais

Localização Central Vista para o mar Confortável Famílias
Vila Baleira Funchal
O Vila Baleira Funhchal é um hptel de 4 estrelas que está a uma curta caminhada do centro da cidade e apresenta interiores contemporâneos.

Quartos:
Nos quartos do Vila Baleira Funchal beneficiará de uma varanda com vista para o Oceano Atlântico ou para a cidade. Cada quarto está também equipado com uma televisão e um minibar.


Ver Mais

Informações Covid-19 e Procedimentos de entrada

Data de última atualização: 25 de Novembro 2021

A Resolução 1208/2021 (Resolução n.º 1208/2021), de 19 de novembro, declara a situação de contingência na Região Autónoma da Madeira, introduzindo algumas alterações às regras em vigor:

Uso de máscara:

Manter a obrigatoriedade na Região Autónoma da Madeira do uso de máscara de proteção contra a doença COVID-19, por todos os cidadãos maiores de seis anos de idade, para o acesso, circulação ou permanência em espaços fechados e abertos, sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável.

Regras Sanitárias:

Recomendar à população local e visitantes o cumprimento integral das regras sanitárias, quer em espaços abertos, quer em espaços fechados, nomeadamente, o distanciamento social de 1,5 metros, a higienização das mãos e a etiqueta respiratória.

Geral – Testagem (entrada em vigor apenas às 00:00 Horas de 27 de Novembro de 2021)

Recomendar a testagem massiva da população local e visitantes, de sete em sete dias, através da realização de teste TRAg de despiste de infeção por SARS-CoV-2, cumulativamente com a apresentação de Certificado Digital Covid da União Europeia ou de documento que certifique que o portador foi vacinado contra a COVID-19, para o acesso a ginásios, estabelecimentos de jogos de fortuna e azar, cinemas, atividades noturnas, bares e discotecas, restaurantes, eventos culturais, eventos sociais, eventos desportivos, cabeleireiros e similares a todas as atividades anteriormente mencionadas, porém:

a) Para o acesso aos supermercados/mercearias, grandes superfícies, farmácias, clínicas, consultórios médicos, dentários, veterinários, serviços médicos ou outros serviços de saúde e de apoio social, serviços de oxigénio e gases medicinais ao domicílio, serviços postais (CTT), serviços de atendimento ao público, entre eles, juntas de freguesia, serviços de finanças, serviços de segurança social, câmaras municipais e loja do cidadão, igrejas e outros locais de culto, postos de abastecimento de combustível, bem como para a utilização dos transportes públicos e para a prática de atos urgentes relacionados com serviços de justiça, as pessoas devem ser portadoras de teste TRAg de despiste de infeção por SARS-CoV[1]2, com resultado negativo, realizado nos últimos sete dias, ou em alternativa ser portadores de Certificado Digital Covid da União Europeia ou de documento que certifique que o portador foi vacinado contra a COVID-19;

b) Relativamente ao acesso dos menores de 12 anos, não é exigível Certificado Digital Covid da União Europeia ou documento que certifique que o menor foi vacinado contra a COVID-19, nem a apresentação de teste TRAg de despiste de infeção por SARS-CoV-2;

c) Ficam excecionadas as pessoas que por razões de saúde não podem ser vacinadas, mediante a apresentação de declaração médica formal, e as pessoas munidas de declaração médica formal que certifique que o portador está recuperado da doença COVID-19, emitido nos últimos 90 dias.

Esclarecimentos adicionais:

Nota 1: Os Hotéis não são mencionados nas recomendações. Então, no check in, não é recomendada a exibição de teste ou de certificado de vacinação.

Nota 2: Para os testes semanais, os nossos turistas podem utilizar o serviço de testagem das farmácias ou qualquer outro local de testagem, conforme listagem constante no link abaixo.

Lista_Locais_Aderentes_05_11_2021.xlsx (iasaude.pt)

Nota 3: Os serviços para os quais o Governo Regional da Madeira recomenda ambos teste antigénio e Certificado de Vacinação (a partir de 27/11), para acesso são os seguintes: acesso a ginásios, estabelecimentos de jogos de fortuna e azar, cinemas, atividades noturnas, bares e discotecas, restaurantes, eventos culturais, eventos sociais, eventos desportivos, cabeleireiros e similares a todas as atividades anteriormente mencionadas.

Nota 4: A recomendação é genérica para Bares e Restaurantes, pelo que os Bares e os Restaurantes dos Hotéis estão incluídos.

Data de Vigência

35 - A presente Resolução produz efeitos às 0:00 horas do dia 20 de novembro de 2021.

Com exceção das alíneas assinaladas acima em que a entrada em vigor é apenas às 00:00 Horas do dia 27.

  1. TESTE: Obrigatório e pode ser efectuado de forma gratuita. Aplicam-se excepções a consultar abaixo ***. | Agendamento de teste gratuito
    1. Na ida: É necessário possuir teste PCR negativo até 72 horas ou teste rápido de antigénio (TRAg) até 48 horas antes do voo. Por seu lado, os passageiros que não tenham realizado teste PCR ou TRAg na origem, fá-lo-ão à chegada ao aeroporto, seguindo depois para o seu destino, onde devem aguardar, em confinamento, pela obtenção do resultado, durante um período estimado de 12h.
    2. No regresso: Sem necessidade de teste.
  2. QUARENTENA: Em casos excecionais de recusa de realização do teste à chegada, os passageiros poderão optar por 1) cumprir isolamento voluntário, pelo período de 14 dias, no seu domicílio ou no estabelecimento hoteleiro onde se encontre hospedado, sendo que, se a hospedagem for inferior a 14 dias, o confinamento terá a duração do período da hospedagem; ou 2) regressar ao destino de origem ou a qualquer outro destino fora do território da Região Autónoma da Madeira, cumprindo, até à hora do voo, isolamento no domicílio ou no estabelecimento hoteleiro em que se encontre hospedado. Nestes casos, os custos de hospedagem serão imputados ao viajante.
  3. OUTRAS OBRIGATORIEDADES: Todos os passageiros deverão proceder ao preenchimento obrigatório do inquérito epidemiológico, disponibilizado pela Autoridade Regional de Saúde, na plataforma digital madeirasafe.com O preenchimento do questionário deverá ser feito nas 48h a 12h prévias ao embarque e deverá ser efetuado, individualmente, por cada passageiro, exceto dependentes até 12 anos de idade, cujo registo deverá ser incluído no inquérito de um dos adultos que o acompanham. Concluído o registo, o passageiro recebe uma notificação, via e-mail, com o seu código de acesso e respetivo QR Code, para ser apresentado à sua chegada ao Aeroporto da Madeira. O resultado do teste PCR ou TRAg pode, também, ser submetido, antecipadamente, na plataforma.

Todos os passageiros desembarcados nos aeroportos da Região Autónoma da Madeira, sem exceção, estão sujeitos a triagem térmica.

Ficam isentas de submissão a teste na infância e pré-adolescência, exceto:

  1. Crianças a partir dos 12 anos, sob parecer prévio das Autoridades de Saúde;
  2. Crianças com critérios de suspeita de doença COVID 19;
  3. Crianças cujos familiares ou acompanhantes sejam casos suspeitos;
  4. Outras situações validadas pelas Autoridades de Saúde.

Ficam excecionados de apresentar teste PCR à COVID-19 ou de fazê-lo à chegada aos aeroportos da RAM, nos seguintes casos:

  1. Passageiros que estejam munidos de documento médico que certifique que o portador está recuperado da doença COVID-19 aquando do desembarque no território da Região Autónoma da Madeira, emitido nos últimos 90 dias;
  2. Passageiro munido de documento médico que certifique que o portador foi vacinado apenas com uma dose (em esquemas vacinais de duas doses), respeitado o período de ativação do sistema imunitário previsto no RCM, quando se trate de doentes recuperados da infeção por SARS-CoV-2 há mais de 90 dias, ou diagnosticados com a infeção após a toma da primeira dose da vacina;
  3. Passageiros que apresentem Certificado Digital COVID da UE.

As declarações de exceção previstas nos pontos acima mencionados apenas poderão ser apresentadas em suporte de papel ou digital, excluindo-se o formato SMS.

 

CERTIFICADO DIGITAL COVID da UE

A partir de 1 de julho de 2021, é permitida a realização de viagens, por qualquer motivo, com destino a Portugal (continental e Ilhas) por viajantes que tenham de um Certificado Digital COVID.

São admitidos os seguintes certificados digitais COVID da UE:

 

a) Certificado de vacinação, que ateste o esquema vacinal completo do respetivo titular, com uma vacina contra a COVID -19. A vacinação é considerada completa 14 dias após:

  1. A dose única de uma vacina contra a COVID -19 com um esquema vacinal de uma dose, ou;
  2. A segunda dose de uma vacina contra a COVID -19 com um esquema vacinal de duas doses, ainda que tenham sido administradas doses de duas vacinas distinta, ou;
  3. primeira dose de uma vacina contra a COVID -19 com um esquema vacinal de duas doses por pessoas que recuperaram da doença, se estiver indicado no certificado de vacinação que o esquema de vacinação foi concluído após a administração de uma dose

b) Certificado de recuperação, que ateste que o titular recuperou de uma infeção por SARS-CoV -2, emitido nos últimos 90 dias.

NOTAS:

  1. Os certificados podem ser apresentados de forma digital ou em papel
  2. Apresentação de Certificado Digital COVID da UE dispensa a realização de testes para despistagem da infeção por SARS -CoV -2 por motivos de viagem
  3. A apresentação de Certificado Digital COVID da UE de vacinação ou recuperação dispensa o cumprimento de quarentena ou isolamento por motivos de viagem.
  4. Os menores de 12 anos estão dispensados de apresentar um certificado digital COVID da UE ou um comprovativo de realização de teste para despistagem da infeção por SARS -CoV -2, relacionados com viagens.
  5. Os menores que viajem com um ou ambos os titulares das responsabilidades parentais, ou com outro acompanhante por eles responsável, estão dispensados da realização de quarentena quando o(s) acompanhante(s) sejam detentores de um certificado de vacinação ou de recuperação válido aquando da entrada em território nacional.

Ligação inter-ilhas -  Arquipélago da Madeira - atualização de 25 de Novembro 2021

REGRA 01 - Ao programar a sua viagem para a Madeira e Porto Santo, é importante conhecer as normas em vigor na Região, no âmbito da prevenção e contenção da COVID-19.

REGRA 02 - Deverá fazer o registo e preencher o inquérito epidemiológico em www.madeirasafe.com

REGRA 03 - Todos os passageiros que pretendem viajar para o Porto Santo (via aérea ou marítima) devem ser portadores de um teste rápido de antigénio, com resultado negativo, realizado até um período máximo 7 dias antes da viagem (de barco ou avião).

Para beneficiar de um teste gratuito, pode recorrer a um dos postos aderentes (farmácias, clínicas e laboratórios) ao protocolo com o Governo Regional.

VER FARMÁCIAS - Ao agendar o seu teste terá que fazer prova da compra da viagem para o Porto Santo.

Não serão aceites, em nenhuma circunstância, auto-testes.

Exceções aos testes: Crianças até aos onze anos de idade

REGRA 04 - A apresentação do teste rápido de antigénio negativo, realizado até um período máximo 7 dias antes da viagem, seja via aérea ou marítima.

REGRA 05 – CORREDOR VERDE – Passageiros portadores de certificado de vacinação (documento que comprova a vacinação completa) e/ou comprovativo de recuperado COVID-19 até 90 dias, passam a ser elegíveis de entrada direta no Porto Santo e na Madeira, sem necessidade de testagem. Os documentos mencionados devem ser submetidos na plataforma do madeirsafe.com no momento do registo.

REGRA 06 - Todos os passageiros durante a sua estadia deverão respeitar as orientações emanadas pela Autoridade Regional de Saúde.

Fontes de informação:

  1. Informação aos turistas
  2. Formulário de declaração sanitária/Registo de Viajante:
  3. Recomendações para uma viagem Segura
  4. Registo do viajante
  5. Viagens inter-ilhas

 

Restrições para regresso a Portugal:  

Portugal está com restrições para todos os passageiros com idade igual ou superior a 12 anos, nacionais ou estrangeiros, que regressem de viagens com origem em países não-Schengen ou não pertencentes à UE, em que é obrigatório apresentar comprovativo de realização de teste laboratorial (RT-PCR) para rastreio da infeção por SARS-CoV-2, com resultado negativo, realizado nas 72 horas anteriores ao momento do embarque e, consequentemente, teste negativo à partida do ponto de regresso no check-in do voo ou na porta de embarque. ou um teste rápido de Antigénio,  realizado nas 48 horas anteriores ao embarque no 1º ponto de viagem ou o embarque ser-lhes-á recusado (incluindo cidadãos portugueses, residentes em Portugal e seus familiares).

Considera-se como teste PCR OU ANTIGÉNIO COVID-19 válido um exame efetuado por um laboratório certificado, contendo as seguintes informações:

  1. Identificação do passageiro;
  2. Identificação do laboratório em o teste foi realizado, com menção à respetiva certificação;
  3. Referência à utilização da metodologia;
  4. Data de realização do teste;
  5. Resultado do teste como “negativo” /” Não detetável”

 Os comprovativos de realização laboratorial de teste devem indicar, obrigatoriamente, o conjunto de dados normalizados acordados pelo Comité de Segurança da Saúde da União Europeia.

Apenas são admitidos os testes de antigénio (TRAg) que constem da lista comum de testes para despiste da doença COVID-19 no espaço comunitário (https://ec.europa.eu/health/sites/default/files/preparedness_response/docs/covid-19_rat_common-list_en.pdf).

 

CERTIFICADO DIGITAL COVID da UE

A partir de 1 de julho de 2021, é permitida a realização de viagens, por qualquer motivo, com destino a Portugal (continental e Ilhas) por viajantes que tenham de um Certificado Digital COVID.

São admitidos os seguintes certificados digitais COVID da UE:

a) Certificado de vacinação, que ateste o esquema vacinal completo do respetivo titular, com uma vacina contra a COVID -19. A vacinação é considerada completa 14 dias após:

  1. A dose única de uma vacina contra a COVID -19 com um esquema vacinal de uma dose, ou;
  2. A segunda dose de uma vacina contra a COVID -19 com um esquema vacinal de duas doses, ainda que tenham sido administradas doses de duas vacinas distinta, ou;
  3. primeira dose de uma vacina contra a COVID -19 com um esquema vacinal de duas doses por pessoas que recuperaram da doença, se estiver indicado no certificado de vacinação que o esquema de vacinação foi concluído após a administração de uma dose

b) Certificado de recuperação, que ateste que o titular recuperou de uma infeção por SARS-CoV -2, na sequência de um resultado positivo num teste TAAN realizado, há mais de 11 dias e menos de 180 dias

c) Certificado de teste TAAN realizado nas últimas 72h que antecedem o embarque no primeiro ponto da viagem OU teste antígeno realizado nas últimas 48h que antecedem o embarque no primeiro ponto de viagem

 

NOTAS:

  1. Os certificados podem ser apresentados de forma digital ou em papel
  2. Apresentação de Certificado Digital COVID da UE dispensa a realização de testes para despistagem da infeção por SARS -CoV -2 por motivos de viagem
  3. A apresentação de Certificado Digital COVID da UE de vacinação ou recuperação dispensa o cumprimento de quarentena ou isolamento por motivos de viagem.
  4. Os menores de 12 anos estão dispensados de apresentar um certificado digital COVID da UE ou um comprovativo de realização de teste para despistagem da infeção por SARS -CoV -2, relacionados com viagens.
  5. Os menores que viajem com um ou ambos os titulares das responsabilidades parentais, ou com outro acompanhante por eles responsável, estão dispensados da realização de quarentena quando o(s) acompanhante(s) sejam detentores de um certificado de vacinação ou de recuperação válido aquando da entrada em território nacional.

De acordo com disposto pelo Governo Português na legislação em vigor, o tráfego aéreo com destino e a partir de Portugal continental está autorizado para os seguintes voos:

  1. De e para os países que integram a União Europeia e países associados ao Espaço Schengen (Liechtenstein, Noruega, Islândia e Suíça), Reino Unido, EUA e Canadá e Brasil.
  2. De e para países cuja situação epidemiológica esteja de acordo com a Recomendação (UE) 2020/912 do Conselho, de 30 de junho de 2020.
  3. De e para países que não integram a União Europeia ou que não sejam países associados ao Espaço Schengen exclusivamente por motivos essenciais* (exceto Reino Unido, EUA, Canadá e Brasil).
  4. Destinados a permitir o regresso aos respetivos países de cidadãos estrangeiros que se encontrem em Portugal continental, desde que tais voos sejam promovidos pelas autoridades competentes

* Motivos essenciais são viagens realizadas por motivos profissionais, de estudo, de reunião familiar, por razões de saúde ou por razões humanitárias.

O presente despacho produz efeitos a partir das 00h01 do dia 29 de Junho de 2021, podendo ser revisto em qualquer altura, em função da evolução da situação epidemiológica.

O Passenger Locator Card (PLC) ou Cartão de Localização de Passageiro é um documento previsto na legislação internacional, no contexto de proteção da saúde pública, designadamente no que respeita a doenças transmissíveis, permitindo efetuar o rastreio de contactos de pessoas que venham a apresentar resultados positivos de infeção, através de dados fornecidos pelos passageiros de transportes aéreos. Auxilie as autoridades de saúde pública portuguesas a localizar passageiros que possam ter sido expostos à COVID-19.

Todos os viajantes devem preencher um cartão localizador de passageiros após o check-in para o seu voo e antes de chegarem a Portugal. O QR Code gerado no preenchimento do PLF pode ser apresentado em papel ou meio digital.  

O formulário PLCe está disponível online através do portal “Clean & Safe” a consultar aqui.